Antiga Casa dos Sonhos da Barbie

O sonho de muita menina do fim dos anos 1980 e começo de 1990 era ter a Casa dos Sonhos da Barbie. Enorme (para uma criança), linda e majestosamente cor-de-rosa, com seus imponentes três andares, quarto-que-vira-banheiro, escada caracol e balanço, a mansão era um sonho de consumo.

Eu, que nunca liguei muito para bonecas e tive poucas durante a infância, incluindo apenas duas Barbies*, ganhei num belo Natal a tal casa da Barbie.

(* a primeira que minha mãe me deu era a Dra. Barbie, que eu amava, e desconfio que ela escolheu essa porque foi enfermeira-chefe antes de eu nascer.)

casadabarbie

Não me lembro em qual ano a ganhei, mas lembro bem das milhares de peças que vieram na caixa. Foi minha mãe quem ficou quebrando a cabeça para montar a mansão. Não era difícil, mas era bem chato encaixar as paredes e o piso – tudo de papelão! – nos canos de plástico cor-de-rosa, além de montar a escada, que veio toda desmontada também, e colar os adesivos no balanço.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA
Crédito: blog Brinquedo Antigo

Mas eu era tão desligada de bonecas, que não tinha nenhum móvel da Barbie – nem qualquer outro que não fosse dela mas servisse. Tinha a mansão, mas não tinha nada de mobiliário! Em compensação, minhas primas tinham praticamente a casa inteira montada – só não tinham a casa. E, se você teve primos quando criança, sabe que a rotina é um dia de melhores amigos, outro de inimigos mortais, por isso, não era sempre que a brincadeira estava completa.

casadabarbie2
Crédito: blog Kirinilas

Mas, no final das contas, a mansão pouco foi usada como casa mesmo. Eu não tinha muita paciência pra brincar de bonecas ou de ser dona de casa, mas tive a ideia genial de usar a casa como uma escrivaninha (nerd, eu?), e vivia brincando de escritório, guardando toda a papelada no andar do meio, os objetos mais pesados no térreo e usando o terraço como mesa. Brinquei anos desse jeito e aproveitei muito a Mansão da Barbie.

Infelizmente, o papelão e o plástico não-muito-resistente sucumbiram ao tempo e à infância bem-brincada, e a casa foi evaporando aos poucos, até não sobrar mais nada. Atualmente, encontrar uma casa dessas inteira é quase impossível, mas você pode garimpar pelos mercados livres da vida e ir juntando peça por peça…

casadabarbiepedacos

Tem um vídeo bastante ruim, mas bem raro, com o comercial desta Casa dos Sonhos Estilo Rosas da Barbie. Repare no “nunca foi tão divertido ser dona de casa!” que uma menina diz no fim do comercial.

Por fim, eu também tive o carro da Barbie, aliás, ainda tenho, mas aí é outra história.

casadabarbiecatalogo
Crédito: blog Just Lia