Jaspion fez parte do Menudos

Hikaru Kurosaki, ator que interpretou o Jaspion, fez parte do Menudos e você nem sabia.

jaspionmenudo

Mentira.

Ele era de um grupo que cantava músicas sertanejas e até gravou um disco.

jaspionmenudo2

Mentira.

Mas o ator já foi cantor de verdade no Japão, além de dublê.

Verdade.

E já foi ator também, no passado, pois hoje está aposentado das carreiras artísticas e trabalha em sua escola de mergulho no Japão. Mas você pode ver um trechinho bem pequeno de Kurosaki cantando neste episódio de Jaspion:

Adoro esse vídeo, sempre rio.

Anúncios

Para quê serve uma borracha elétrica?

Não sou desenhista e há muito não utilizo um lápis para fazer anotações, mas estou aqui me perguntando para quê serve uma borracha elétrica.

borrachaeletrica

“A vibração do aparelho auxilia na hora de apagar com a borracha, (…) permitindo apagar as letras com mais rapidez.” Como assim??

O ser humano se tornou tão imbecil que não é mais capaz de mexer a mão para apagar uma palavra com borracha comum? Assim como a escova elétrica, que nos deu a glória de não precisarmos mais ter a árdua tarefa de fazer movimentos rápidos e contínuos para escovar os dentes, agora precisamos de uma borracha elétrica, que assim como a escova, funciona com pilhas (!!)?

Não seria mais fácil usar uma borracha comum, bem maior do que essas pontas super fininhas da borracha elétrica, que parecem que vão quebrar fácil como um grafite? Não seria mais prático, fácil, rápido e menos demente usar uma borracha comum?

Pior ainda são as recomendações de precaução:

borrachaeletrica2

“Não utilize para outros fins”?? Sério mesmo?

Onde vamos parar, humanidade?

Como estão seus ídolos japoneses de infância 30 anos depois

Este post é para impressionar, assustar ou mesmo chocar as crianças dos anos 1980 que, como eu, cresceram assistindo aos tokusatsus da TV Manchete e afins. Se você for facilmente impressionável, não veja as imagens deste post para não ter sua infância arruinada.

Pois bem. Lembra-se da galera de Changeman, Flashman, Jiraya e Jaspion, aqueles verdadeiros heróis japoneses de 20 e poucos anos em seus indefectíveis uniformes coloridos de luta, que tentavam ter uma vida mais ou menos normal longe das batalhas? Então, amigo trintão, eles também cresceram. Ou melhor, envelheceram.  Aliás, nem “melhor”, porque muitos não envelheceram tão bem…

Veja as fotos de seus heróis japoneses dos anos de 1980 trinta anos depois. Hoje, todos estão na casa dos 50 anos. Respire fundo e acredite no que vê: é tudo verdade!

Antes e depois

Começando por uma imagem mais “tranquila”: na montagem abaixo, à esquerda, está Haruki Hamada, o ator que deu vida ao eterno Tsurugi, o Change Dragon, de Changeman, (meu preferido do Esquadrão Relâmpago), e à direita, Ryosuke Kaizu, o Red Mask, de Maskman.

change2

Atores jovens e bonitos, ambos líderes de suas tropas superpoderosas.

E agora, na imagem abaixo, os mesmos heróis em foto recente – não sei precisar a data. O que dizer deste efeito do tempo?

change1

Mas até aí tudo bem, continuam simpáticos, envelhecer é só para quem continua vivo. Mas prepare-se para a próxima revelação.

Na montagem abaixo, vemos o ator Kazuoki Takahashi, que interpretou o galã Hayate, o Change Griphon, de Changeman (o ator também teve participações menores em Flashman, Jiraya e outros seriados). Ao lado dele, o ator Junichi Haruta, o superhipercool MacGaren, o arqui-inimigo do herói Jaspion. Haruta também foi intérprete do Dyna Black, de Dynaman, e do Goggle Black, de Goggle Five.

mac

Agora preparem-se para a transformação, que vem na imagem abaixo.

macgaren

O que aconteceu com o galã dos Changeman?? Será que o Senhor Bazoo o atacou e ele ficou assim, e agora anda pelas ruas de Tóquio de pijamas e Crocs? E o MacGaren, que agora parece um tiozinho de filmes de comédias?

Mas o pior ainda está por vir. Jaspion. Talvez o maior ídolo da garotada dos anos 1980. Ele, que era o único herói japonês com permanente nos cabelos e foi interpretado pelo ator Hikaru Kurosaki…

jaspion

… que hoje está assim.

jas

O Jaspion está tão acabado, coitado, que é capaz do poderoso Satan Goss confundi-lo e querer enfurecê-lo para transformá-lo num monstro incontrolável em sua luta para conquistar o universo.

Essa imagem foi feita a partir de uma entrevista concedida por ele em novembro de 2015. Há muito tempo afastado da TV, o ator é dono de uma escola de mergulho no Japão.

Mas nem tudo é tragédia no mundo do tokusatsu oitentista. Takumi Tsusui, o belo ator que fez (e ainda faz por aí) o Jiraya, envelheceu bem e continua bonitão.

jiraya

14322680_1119120161490069_2390794939940653388_n

Se você sair pesquisando Google afora pelos atores de tokusatsu não mencionados aqui terá sua vida impactada por outras imagens assustadoras. As imagens deste post são apenas algumas das mais recentes que me fizeram pensar sobre aquela frase que diz que “o tempo é uma fábrica de monstros”.

Pelo visto, o único que melhorou depois de velho foi o Gyodai, que era assim nos anos 1980 (à direita) e hoje está assim (à esquerda).

gyodai
Fonte da montagem: Megacurioso

O poder do pensamento positivo demonstrado empiricamente

Como disse um dia Albert Einstein, “a mente que se abre a uma nova ideia jamais voltará ao seu tamanho normal”. Atesto e dou fé, pois já passei por isso algumas vezes – uma delas, há muito tempo, quando li o excelente O Mundo de Sofia, de Jostein Gaarder (olha a dica!).

E a mais recente aconteceu esta semana, durante uma sessão de acupuntura. Enquanto eu era espetada, a fisioterapeuta me contava sobre um japonês (sempre eles!) que conseguiu “provar” a força do pensamento negativo sobre o corpo humano – e, consequentemente, o poder do pensamento positivo – com um experimento simples.

O nome dele é Masaru Emoto, um pesquisador e curador alternativo, e o que ele fez foi demonstrar que os pensamentos e intenções que temos podem alterar a realidade física, assim como a estrutura molecular da água. E, como o corpo humano é formado por mais de 70% de água, o que ele descobriu pode ter implicações extremas em nossas vidas.

Basicamente, o que ele fez foi encher duas garrafas com água e, em uma delas, escrever “obrigado” e, na outra, “idiota”. Todo dia, ele dizia “obrigado” para a primeira garrafa e xingava a outra. Após certo tempo, ele notou que a água da garrafa “agradecida” continuava do mesmo jeito, ao passo que a da garrafa xingada formou pequenos cristais no fundo da água.

Se você não se impressionou com esse resultado, assista ao vídeo abaixo e conheça o chamado “experimento do arroz”, outra demonstração bastante famosa do dr. Emoto sobre o poder do pensamento positivo. A experiência é similar à das garrafas de água, porém, desta vez o resultado é ainda mais impressionante: o dr. Emoto colocou arroz em três potes iguais e os cobriu com água. Depois, todos os dias ele se dirigia aos potes e, ao primeiro, dizia “obrigado”; ao segundo, dizia “você é um idiota”, enquanto ignorava totalmente o terceiro pote com arroz.

Após um mês, o resultado foi o seguinte: o arroz do pote “agradecido” começou a fermentar e liberar um cheiro forte e agradável; o arroz do pote “xingado” ficou preto e estragado, e o arroz do pote ignorado começou a apodrecer. Veja com seus próprios olhos.

Incrível, não?

O dr. Emoto acredita que este experimento seja particularmente importante em relação às crianças: “nós devemos cuidar das crianças, dar atenção e conversar com elas”. Caso contrário, elas podem lentamente se tornar o resultado do pote xingado…

Ainda não existem estudos científicos que corroborem e expliquem os resultados dos experimentos do dr. Emoto, mas, pelo sim, pelo não, não custa tentar ser mais positivo na vida…

Visor Combate em detalhes

Aposto que você nunca tinha visto o Visor Combate dos Flashman tão de perto e com tantos detalhes.

visor

 Clique na imagem para vê-la maior e neste link para ver a página inteira.

Capa de revista mais linda!

Fora as capas da revista Vida Simples, a maioria das capas que vejo nas bancas são bastante poluídas, com chamadas mil, fontes diversas, fotos coloridas e, se possível fosse, aposto que estariam cheias de gifs vertiginosos.

E aí eu topo com essa capa e fico embasbacada!

capa_naif_japonesinha

É a capa de junho da Naif Magazine, que vi pelo blog Nas Capas.