Dicas práticas para quem quer ser tradutor

Os textos abaixo são trechos de entrevistas concedidas por tradutores profissionais de vários idiomas e várias áreas de tradução a Petê Rissatti, também tradutor. Essas e outras entrevistas podem ser lidas na íntegra – alta recomendação! – no Conversas entre Tradutores do site do Rissatti.

Eu uso as ferramentas de busca e de pesquisa disponíveis online atualmente, mas não dispenso os bons e velhos dicionários impressos que venho acumulando ao longo da carreira. Muitas vezes são eles que dão a direção confiável da busca na internet. Uma boa gramática (do alemão e do português) também está sempre presente. Mas o que não pode faltar mesmo é a tranqüilidade, o bom senso, a paciência. Quem traduz profissionalmente precisa ter bons olhos, boa coluna e não pode se assustar com a solidão.

Resposta de João Azenha Júnior à pergunta “O que não pode faltar na sua mesa de trabalho?”.

Antes de tudo, tem que gostar do que faz. Adoro traduzir e a cada dia aprendo alguma coisa nova. Seja em relação ao texto ou ao tema Tradução. (…) Uma das lições mais importantes (…): pensar, antes de escrever! Não agir impulsivamente.
Além de gostar de traduzir tem que ser curioso, perseverante, saber pesquisar e ter bom senso. Ao pesquisar um termo nos deparamos com diversas sugestões, mas poucas são apropriadas. Esta é uma das coisas que nos diferencia do tradutor automático. Algumas palavrinhas importantes, em minha opinião, para quem quer começar: atualizar-se sempre, ler, estudar, ouvir os mais experientes, praticar e participar das redes sociais. Já fiz muitas parcerias com outros tradutores através do Orkut e Twitter.

Resposta de Monica Notton ao pedido “Deixe um recado para quem admira ou quer começar na profissão”.

Aos que traduzem com empenho, não esmorecer, apesar as dificuldades. Aos que querem começar, não esquecer que traduzir não é só passar as palavras para a outra língua, é preciso conhecer a cultura, a história, o contexto enfim, da língua de partida.

Resposta de Irene Aron ao pedido “Deixe um recado para quem admira ou quer começar na profissão”.

Eu diria que ‘o’ grande desafio para todo tradutor é demonstrar, permanentemente, que ele é um profissional indispensável, que seu trabalho é fundamental e que o valor investido em contratá-lo é mais do que compensado pelos resultados obtidos com aquela tradução. Isto é, demonstrar que há um abismo entre ele e qualquer software grátis ou barato de tradução ou outra pessoa que apenas conheça a língua estrangeira e “quebre um galho” fazendo uma tradução.

Tradução exige MUITA ralação. Muito estudo, muita pesquisa, muita luta com cada palavra, cada vírgula e caractere. Isso deve começar quando se pisa na sala de aula ou se redige o primeiro e-mail de natureza profissional. Se você é do tipo que repara e ajusta a largura exata do travessão, que fica nervoso quando vê que alguém pôs um espaço antes de uma vírgula, que por via das dúvidas contrasta um mesmo verbete em dicionários diferentes, se você já se deliciou navegando em um dicionário de sinônimos ou já gritou de alegria ao encontrar o nome exato daquela pecinha de um motor a jato, e se você curtiria fazer isso pelo resto da vida, você está no caminho certo para se tornar um daqueles profissionais indispensáveis.

Respostas de Carolina Alfaro à pergunta “Quais os grandes desafios da tradução hoje em dia, ao seu ver?” e ao pedido “Deixe um recado para quem admira ou quer começar na profissão”, respectivamente.

Ler e escrever regularmente e não esperar pelo dia em que o idioma a ser traduzido esteja aprendido: esse dia não chegará nunca. Traduzimos malgrado as deficiências que temos, inclusive no que diz respeito à própria língua materna.

Resposta de Tercio Redondo ao pedido “Deixe um recado para quem admira ou quer começar na profissão”.

“Traduzir é uma festa, mas tradução não é leitura remunerada. Você tem que gostar de traduzir, mesmo que o texto seja do tipo que você jamais leria nas suas horas de lazer.”

Resposta de Danilo Nogueira ao pedido “Deixe um recado para quem admira ou quer começar na profissão”.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s