Como escolher um cão

Se você está à procura de um cãozinho, esta matéria pode te ajudar a encontrar a raça mais adequada ao seu estilo de vida. Mas se você está procurando o melhor amigo da sua vida, vá até um local que cuide de cães abandonados (canis, ONGs ou pessoas que os recolhem em suas próprias casas) ou um pet shop, abra seu coração e olhe em volta: aquele que te despertar uma coisa impossível de explicar é o cão que você procura.

Cães são a coisa mais legal do mundo! Cuide bem dele e sejam felizes!

*************

UPDATE (7.6) – leia o comentário feito neste post por Mario Christofolleti, do CCZ de São Paulo, que me deu um belo puxão de orelhas por sugerir a compra de animais. Apesar de me chamar de “senhora” (ei!), ele apresenta uma lista de razões muito pertinentes a favor da adoção em lugar da compra de animais. E também postou um vídeo mostrando os cães do CCZ de SP. Aliás, foi ele quem me apresentou o site Quero um Bicho, uma iniciativa genial do PEA para cadastro e busca de animais aptos à adoção. Visite e espalhe a ideia na sua cidade!

Anúncios

2 comentários em “Como escolher um cão

  1. Pô, é quase uma irresponsabilidade sugerir que as pessoas comprem animais! Na sua cidade não tem canil ou alguma ONG onde você possa dar uma olhada na situação dos cães e gatos abandonados, antes de sugerir como se fosse ação inocente, que alguém compre animais?
    A compra de animais estimula os experimentos de cruzamento que deixam as raças cheias de doenças genéticas, já que cruzam irmãos, mães e filhos, tudo em busca do tal pedigree, que é uma assinatura de sofrimento e morte para os bichinhos. Essas raças bonitinhas e peludinhas (poodles, shitzu, yorkshire, por exemplo), sofrem com doenças terríveis, tumores, cegueiras, e movimentam um mercado cruel e frio, que cobra milhares de reais por um filhotinho.
    Tenho um cão SRD de 8 anos, que não tem a pelagem mais bonita e fofinha, tem cicatrizes de espacamento e queimaduras do tempo em que vivia na rua, mas é saudável e inteligentíssimo. Também tenho dois gatos machos, irmãos, que foram cegados ainda filhotes por crianças na rua. Então sinceramente, é um desserviço ler “caso queira comprar” como se a compra e venda de filhotes não fosse também causa indireta dessa cultura da tortura de animais, já que aprendemos desde cedo que bonito é o animalzinho que vem cheirosinho da pet shop, no pet taxi, comprado e enfeitado pela mamãe cabeça-oca pra ser presente de aniversário dos filhinhos que vão crescer e queimar um índio na praça, porque não aprendem a cuidar de outro ser vivo, apenas possui-lo.
    Estranho que a senhora faça propaganda contra caviar e foie gras, mas diga aí como se fosse coisa normal “caso queira comprar”. Ninguém deve comprar! Nossas crianças têm que aprender desde cedo que animal não é posse, não é objeto. Somos guardiões, não proprietários. É uma luta que deveria ser de todos. Compra e venda de animais deveria ser crime. Pelas políticas públicas para esterilização e estímulo a adoção!

    CCZ de São Paulo

    1. Oi, Mario! Muito obrigada pelo seu comentário, extremamente pertinente e sensato! Concordo com tudo o que você disse, e você tem razão em ser contra a compra de animais. Eu pensei muito antes de escrever essa parte do post, sugerindo a compra de cães, mas acabei escrevendo, mesmo em dúvida, já que comprar é uma opção. Não a melhor, mas é uma opção para quem procura um cãozinho.
      Na minha cidade há alguns canis, ONGs e pessoas que recolhem cães e gatos das ruas e os colocam para adoção. Visitei um desses locais, mas todos os cães eram grandes demais para o quintal pequeno que eu tinha em casa. Confesso que não visito mais esses locais pois hoje não tenho condições de adotar um cão e ver aquele monte de bicho à espera de adoção dói demais… Porém, colaboro com alguns locais e pessoas sempre que posso, doando pacotes de ração, divulgando os eventos de adoção e fazendo a ponte entre pessoas interessadas em adotar e/ou ajudar. É o que posso fazer no momento e espero que mais pessoas se compadeçam da situação e, mesmo que não possam adotar, que ajudem de alguma forma.
      Mais uma vez, obrigada pelo comentário! Espero que as pessoas o leiam e decidam adotar um amigo! 🙂

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s