Traí o Firefox

Após anos de uso, a partir de um belo dia quando instalei um tal de Mozilla Firefox e nunca mais olhei para um Internet Explorer, ontem experimentei o Google Chrome e… traí o Firefox.

Sim, troquei a raposa pelo genius.

O Firefox andava travando muito no meu computador. Eu abro muitas – muitas! – abas de uma vez e mantenho algumas delas abertas o dia inteiro e, após um certo tempo o Firefox ficava lento demais, não abria páginas ou arquivos corretamente, travava várias microvezes, não rodava vídeos de forma sincronizada, até que minha paciência ativava o Ctrl+Alt+Del e acabava com a brincadeira. E mesmo assim eu ainda tinha que esperar alguns minutos até que o Firefox fechasse por completo ou então não conseguia abri-lo novamente.

O Chrome já foi testado com um número grande de abas abertas e, até agora, ele não ficou lento em nenhum momento e não foi preciso fechá-lo nem uma única vez. Vídeos rodam normalmente, páginas abrem sem demora e nem é mais preciso esperar um pouco antes de desligar o computador, como acontecia com o Firefox: o desligamento é em segundos, sem problema algum.

Espero que continue assim. And thanx Google!

Anúncios

2 comentários em “Traí o Firefox

  1. Realmente, em termos de velocidade poucos browsers superam o Chrome. Mas, pro meu uso, ainda não consegui largar o Firefox pois embora ele consuma muita memória e às vezes exagere no consumo de CPU, ele ainda tem suporte mais extenso e muitos add-ons úteis. Pra mim ainda falta um algo a mais no Chrome… principalmente pras distribuições Linux.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s