TV Cultura: vídeos e mais vídeos

Às vezes passo um tempo sem assistir à TV Cultura e, quando volto à programação da emissora, tão por acaso como quando parei de assisti-la, parece até que vejo um imenso gap cultural se materializando à minha frente. E então tento entender como pude me esquecer e passar tanto tempo sem assistir à TV Cultura, em especial, três programas que eu adoro: Jornal da Cultura (segunda a sábado, 21h), Metrópolis (segunda a sexta, 21h40) e Vitrine (em julho: sábados, 21h30).

videotapePor conta da Flip, fui fuçar o site da TV Cultura e acabei encontrando um mundo de arquivos em vídeo destes e de outros programas da emissora. Você pode, por exemplo, assistir à matérias do Jornal da Cultura, acessar arquivos de reportagens do Vitrine e até assistir ao Metrópolis ao vivo, diariamente, pela internet! E só estou falando de três programas! O site da TV Cultura está recheado de arquivos em vídeo, fotos e textos de todos os seus programas.

E, procurando por material sobre a combinação TV Cultura + Flip, encontrei o canal da emissora no YouTube, onde há, além de vídeos da TV, outros criados especialmente para a internet. Acesse o Radar Cultura e divirta-se!

Além disso, encontrei uma página no Uol com mais de 1700 vídeos do Metrópolis, de cujo programa eu destaco três entrevistas recentes, feitas durante a Flip: com o biólogo inglês Richard Dawkins, com o escritor americano Gay Talese e com os quadrinistas Gabriel Moon, Fábio Bá, Rafael Grampá e Rafael Coutinho – este último vídeo com direito a uma hilária tentativa dos quatro de cantarem “Billie Jean”.

Tem também o IPTV Cultura, versão beta (de testes) da WebTV da Fundação Padre Anchieta, onde há vídeos do arquivo da TV Cultura e a possibilidade de acompanhar ao vivo coberturas multimídia de eventos, transmissões participativas de bastidores de programas e ter acesso a conteúdos exclusivos em áudio e vídeo – foi assim que assisti à gravação do Roda Viva com Gay Talese.

Elenco do Rá Tim Bum, em 1990. Foto: Cedoc-FPA

Memória Oral

Há ainda mais um link que vale a pena ser degustado: no Memória Oral você conhece “a história da Fundação Padre Anchieta contada por aqueles que fizeram e ainda fazem parte dessa história. Depoimentos emocionados, engraçados, pitorescos, acontecimentos marcantes e histórias curiosas nas palavras dos profissionais que construíram a mais importante rede de rádio e televisão educativa do país”.

O site traz diversas fotos históricas além dos vídeos com os depoimentos. Entre tantas histórias interessantes, recomendo assistir aos vídeos de:

  • Antônio Monteiro dos Santos – o funcionário mais antigo da TV Cultura,
  • Aracy Balabanian – a atriz fala emocionada sobre a Vila Sésamo,
  • Armando Figueiredo – o jornalista fala sobre como a emissora lidou com a censura,
  • Bia Rosenberg – produtora por trás de vários programas, principalmente infantis,
  • Cao Hamburguer – superdiretor,
  • Cláudio Petraglia – responsável por conseguir os direitos da Vila Sésamo para o Brasil,
  • Fernando Gomes – um dos manipuladores dos bonecos do Cocoricó e o atual Garibaldo,
  • Fernando Meirelles – sim, “aquele” mesmo: um dos criadores do Rá-Tim-Bum,
  • Hélio Goldsztejn – fala sobre o Metrópolis e o Vitrine,
  • Heródoto Barbeiro – jornalista, apresentador e historiador,
  • Júlio Lerner – já falecido; conseguiu, na loucura, uma inédita entrevista com Clarice Lispector,
  • Laerte Morrone – também já falecido, foi o primeiro Garibaldo da TV brasileira e relembra emocionado do seriado,
  • Marcelo Sirângelo – o jornalista fala sobre o Vitrine,
  • Maria Cristina Poli – a jornalista fala sobre o modo como a emissora trabalha o conteúdo jornalístico,
  • Maurício Monteiro – “o grande problema da indústria cultural é a homogeneização do gosto para criar uma classe de consumo, e as emissoras educativas têm que fazer exatamente o contrário”,
  • Nydia Lícia – fala sobre o conteúdo diferenciado da emissora e sobre Vladimir Herzog,
  • Paulo Gaudêncio – o médico psiquiatra teve seu programa sobre adolescentes censurado ao falar sobre a homossexualidade – considerada uma doença na época da ditadura,
  • Paulo Markun – o jornalista fala sobre a Fundação Padre Anchieta e seus projetos e sobre o Roda Viva,
  • Personagens da TV Rá Tim Bum – um panorama sobre o conteúdo do único canal infantil de TV por assinatura 100% brasileiro,
  • Roberto Muylaert – entre muitos outros assuntos, o jornalista também fala sobre o início promissor do Rá Tim Bum,
  • Samuel Pfromm Netto – o psicólogo fala sobre a parte educativa da emissora e como ela ganhou um prêmio disputado no “cara ou coroa”.

Haja tempo disponível para saborear tudo isso!

Anúncios

5 comentários em “TV Cultura: vídeos e mais vídeos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s