I love this game

Se eu já estava chateada pela demolição do Yankee Stadium, depois do jogo desta segunda (14) fiquei ainda mais. Durante o Home Run Derby, jogo em que os melhores batedores de home run da temporada disputam entre si para ver quem marca mais pontos, nada menos que um ex-usuário de drogas bateu o recorde de maior número de home runs batidos no primeiro round. Josh Hamilton, do Texas Ranger, fez o estrago e deixou o estádio inteiro, dentro e fora do campo, em êxtase. E para o espetáculo ser ainda maior, seu pitcher era um simpático senhor de 71 anos!

Hamilton put on an incredible show in the Home Run Derby last night, breaking the record with 28 first-round homers as American League teammates stood up and applauded in awe of what they were watching. Hamilton saw 54 pitches from his youth batting practice pitcher from Raleigh, 71-year-old Clay Counsil. He hit homers of 518, 504, and 502 feet, and his 25th blast broke the opening-round record set by Bobby Abreu in 2005.

Mas, como as histórias da vida real nem sempre têm o final perfeito, Hamilton perdeu no último round para Justin Morneau, do Minnesota Twins.

Brendan McDermid/Reuters
Foto: Brendan McDermid/Reuters

Mas o melhor ainda estava por vir no All-Star Game do dia seguinte. Foi um jogo para fazer calar aqueles que dizem que beisebol é um esporte chato. Como diz a matéria do The New York Times, “All-Star Game Was Tiring but Certainly Not Boring“.

Um jogo normal de beisebol tem 9 innings, mas este teve 15 e durou um recorde de 4 horas e 50 minutos!!! Os dois times tiveram várias chances de fechar o jogo, mas sempre foram surpreendidos por estratégias bem executadas e jogadas sensacionais.

E a ironia maior veio no final: o prêmio de MVP (Most Valuable Player, o jogador mais valioso do jogo) foi dado ao right fielder J.D. Drew, do Boston Red Sox. Traduzindo para o português, seria mais ou menos como se o Morumbi estivesse para ser demolido e, no último e mais importante jogo, entre, digamos, São Paulo e Corinthians, quem levasse o jogo fosse o Corinthians com um gol no último minuto da prorrogação.

O jogo entrou para a história, mas ainda não bate o Red Sox x Yankees em 2004.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s